ACESSE O SEU CONDOMÍNIO

Construção modular: quais os benefícios dessa tendência para o setor

Em tempos de impressão 3D, robótica, realidade virtual e aumentada, Internet das Coisas, BIM, automação, drones autônomos e o uso crescente de aplicativos de modelos tradicionais que visam melhorar a gestão de projetos, logística, produtividade e controle de produção e construção de hotéis na era de programas, hospitais, shopping centers, escolas, laboratórios, edifícios industriais, comerciais e residenciais estão gradualmente dando lugar a sistemas de construção industrializados e subgrupos chamados construção modular.

Essa mudança se baseia na luta contra o desperdício, no gerenciamento ineficiente da interface e nas tarefas que exigem muita mão de obra, atrasos no cronograma e impacto direto nos custos do projeto. Outra limitação da arquitetura tradicional, caracterizada por operações de “artesanato construtivo” em grande escala, é que ela não consegue responder com flexibilidade ao crescimento expressivo da demanda, especialmente em períodos de alta atividade.

Construção modular: o que é? E como funciona?

Como o nome sugere, o processo de construção modular é feito por meio de módulos individuais, fabricados em linhas de montagem padronizadas e montados apenas em canteiros de obras. Graças ao controle de cronograma garantido no ambiente industrial, a fabricação pode ser realizada com matérias-primas padronizadas, como concreto, aço, madeira em si e novos materiais que constituem a tendência da engenharia civil.

Muito além do conceito de casas modulares, edifícios inteiros, bem como mansões, áreas residenciais, hospitais e outros grandes edifícios são construídos com essa tecnologia.

O trabalho tradicional é feito no local do zero, enquanto os edifícios construídos em módulos podem ser executados ao mesmo tempo. Por exemplo, no início da planta, algumas partes já podem ser construídas sem esperar que o terreno fique pronto. É essa possibilidade de reduzir o tempo de execução pela metade, aumentando o controle geral do processo e fazendo cada vez mais investimentos na construção modular.

Construção modular: quais são os seus benefícios?

Os projetos de construção modular têm as vantagens de reduzir a poluição sonora e do ar e outra poluição ambiental. Por se tratarem de obras que exigem um ambiente mais seguro, esse tipo de construção pode promover a melhoria das condições de trabalho e reduzir o risco de acidentes.

O projeto de construção modular e as ferramentas BIM podem se comunicar bem, o que possibilita a visualização e avaliação das instalações hidráulicas, mecânicas e elétricas. Além disso, eles ajudam a determinar as medidas de eficiência mais econômicas. Ao considerar suas opções, podemos citar outros benefícios consideráveis, veja:

Agilidade

A principal característica das edificações pré-fabricadas é o rápido desenvolvimento do projeto, razão pela qual também é chamada construção rápida. Afinal, a construção com esse método pode ser executada em outros processos no canteiro de obras, reduzindo o tempo de execução da obra.

Como os módulos são planejados e executados de forma independente na fábrica, não há necessidade de esperar pelas condições de solo adequadas. Como resultado, as chances de atrasos devido ao mau tempo e outras adversidades são reduzidas.

De acordo com o site do Modular Building Institute (MBI), a entrega de edifícios modulares é geralmente 30% a 50% mais rápida do que os métodos tradicionais. Além disso, 60% a 90% do processo de construção pode ser concluído na linha de montagem, sendo este um índice de otimização importante, especialmente para edifícios fabricados de forma tradicional.

Controle e qualidade

Além de finalizar a produção do módulo em ambientes fechados, controle de recursos, confiança no cronograma e no custo, para quem investe neste método construtivo, esses são apenas alguns dos benefícios da gestão.

Os padrões e regras usadas ​​em edifícios modulares são iguais ou até mais rígidos do que aqueles usados ​​em edifícios construídos de maneira tradicional, e os mesmos princípios de regras estritas também se aplicam aos materiais usados. Além disso, a zona de segurança do trabalho também se beneficia! Afinal, com este método construtivo, a intensidade do trabalho dos trabalhadores e o risco de acidentes no ambiente da construção são reduzidos ao mínimo.

Sustentável

Este sistema construtivo está muito alinhado com o conceito de green building. Isso pelo motivo da criação dos módulos ser controlada e precisa, e a quantidade de entulhos gerados é muito menor, reduzindo o desperdício de material. Além disso, em termos de demolição e impacto ambiental, os edifícios modulares são superiores aos edifícios de alvenaria porque esses edifícios podem ser movidos de um local para outro.

Também vale a pena mencionar que mesmo em termos de consumo de energia e água, edifícios e casas modulares podem ser mais eficientes porque os painéis fotovoltaicos e as estruturas coletoras de água da chuva podem ser facilmente combinados.

Versátil

Embora algumas pessoas sintam resistência por não entenderem as possibilidades oferecidas pela construção modular, essa resistência finalmente comprova a versatilidade que esse método possui. Afinal, para edifícios permanentes ou removíveis, casas modulares simples ou luxuosas, o portfólio de possibilidades para a engenharia e construção civil se ampliou.

Construção modular: como a área recebe avanços com a tecnologia BIM?

De modo a tornar possível o desempenho estrutural acima, os dispositivos hidráulicos, mecânicos e elétricos usados ​​em estruturas comuns devem ser substituídos por canais contidos na construção modular. As normas de montagem para essas linhas devem ser meticulosas e extremamente rígidas, de modo a evitar problemas com os canais de comunicação entre fios, tubos, etc., que afetarão a montagem.

Essa precisão só pode ser garantida por ferramentas que podem fornecer medições detalhadas de componentes e podem planejar com precisão cada peça por meio de uma visão 3D confiável.

Diante desse desafio, a tecnologia BIM está sendo cada vez mais utilizada em projetos de construção, repleta de possibilidades, fornecendo absolutamente todos os dados, permitindo aos gestores entender detalhadamente os requisitos de fabricação.

Hoje, o software de gestão da construção se destaca no mercado e proporciona às empresas do setor da construção um maior controle e rentabilidade por meio de funções que podem ser perfeitamente integradas em casas modulares ou outras edificações semelhantes. Suas funções podem incluir gerenciamento de projeto colaborativo, transmissão de dados em tempo real no canteiro de obras, organização de saúde e segurança ocupacional, controle de padrão de qualidade, processos formais de entrega e recebimento e todos os trabalhos subsequentes, como assistência técnica, solicitações de serviço e controle regular.

Construção modular: Indústria 4.0

A Indústria 4.0, um conceito que reúne o uso de tecnologia nas áreas de automação, controle e tecnologia da informação. O uso da inovação tecnológica pode ser visto como uma vantagem competitiva para as construtoras.

Um dos fatores de mais importância na construção modular são os padrões de qualidade que podem ser verificados nas condições de construção mais controladas. Em um ambiente de fábrica fechada, os procedimentos de supervisão podem ser implementados com mais rigor.

Rinaldo Câmara
Sócio-Diretor na LSC Administradora.
Atua há mais de 19 anos na administração de condomínios através de uma gestão estratégica e assertiva. Atua também como sindico profissional, administrando, gerenciando equipes e treinando profissionais da área.

Categorias: Condomínios

LSC Guarulhos

                      R Antônio Rabello, 222
Edifício Giovanni Work Center
Vila Galvão
Guarulhos - SP

LSC São Paulo

Rua Vergueiro, 2087 -
1° andar - Cj. 101 - Vila Mariana
São Paulo - SP
Fone: (11)2475-3150

Contate-nos