ACESSE O SEU CONDOMÍNIO

Aulas virtuais…como motivar os alunos

Que as aulas virtuais não funcionam da mesma forma que as presenciais, isso todo mundo sabe. Especialmente, nesse contexto de pandemia, em que a maioria de nós precisou se adaptar a essa realidade virtual, a maioria dos professores se preocupa – e muito – com a motivação dos alunos, pois é sensível uma diminuição do interesse entre os jovens no que diz respeito à própria educação. Dessa maneira, esse artigo trouxe algumas dicas muito importantes para te ajudar a manter a atenção dos alunos durante as aulas virtuais.

Tente extrair o máximo do ambiente virtual

Um ambiente de aula virtual é muito diferente do ambiente real, pois permite que você tenha acesso a diversas ferramentas que não seriam possíveis serem utilizadas na sala de aula. Por exemplo, você pode criar uma sala dinâmica com questionários interativos, pode aproveitar as ferramentas educacionais que o Google oferece de forma gratuita, pode encaminhar documentos para que os alunos acompanhem a aula em tempo real e diversas outras coisas.

Indique mídias extracurriculares

Hoje em dia, na internet, existem diversas formas de se manter informado e até mesmo de aprender coisas novas. Entre essas formas, existem séries de televisão, filmes, podcasts, canais de divulgação científica no YouTube, revistas online, livros e diversas outras coisas. Nesse contexto, uma boa ideia é indicar aos seus alunos maneiras extracurriculares de se conectarem com o conteúdo.

Não fique no mesmo: apenas tentar reproduzir a sala de aula no ambiente virtual pode ser exaustivo

O ambiente online é muito diferente do ambiente físico, isso é bem verdade. Da mesma forma que te permite acesso a diversas ferramentas, ele não consegue simular com exatidão uma aula tradicional, pois não permite que seja criada, de fato, a conexão entre o aluno e o professor. Sendo assim, muitas vezes, apenas ministrar a aula online como se você estivesse dando uma aula presencial, pode ser bem cansativo para o aluno.

Reconheça os avanços da turma

É muito difícil para um aluno tentar evoluir sem saber se está indo no caminho certo, sem saber se o que ele está fazendo é bom. Nesse sentido, apontar as qualidades positivas de cada aluno é sempre muito importante, entre outras razões, para que ele saiba exatamente quais são as características que devem ser conservadas na sua trajetória estudantil e para que ele tenha autoconfiança.

Do contrário, dar para os seus alunos feedbacks negativos também é muito importante, pois eles ajudam o estudante a se guiar pelo caminho certo. No entanto, nada de humilhar o aluno: tente conversar com ele de forma tranquila, calma, para que ele não interprete como uma crítica pessoal, pois ele pode ficar arredio e isso causa ainda mais desmotivação acadêmica.

Ofereça recompensas para quem se mostra engajado

É muito difícil manter toda a turma interessada no assunto o tempo inteiro. Nesse contexto, pode ser muito bom para a moral dos alunos que você ofereça alguns prêmios para que eles tenham pelo menos interesse em engajar. Por exemplo, ofereça créditos extra para quem entregar trabalhos antes do prazo ou para quem interagir (de forma eficiente) dentro das aulas, entre outras coisas.

Converse com os seus alunos sobre produtividade

Em um ambiente virtual, é muito comum que a produtividade dos alunos caia: seja pela facilidade de estar em casa, no conforto; pelo fato de que o ambiente não é propício para estudos ou por diversos outros motivos. Nesse contexto, falar sobre dicas de como manter a rotina produtiva, dicas de como estudar de maneira mais eficiente, dicas de motivação, entre outras coisas pode ajudá-los a entender melhor que a vontade de estudar não vem de um momento de inspiração, mas de hábito.

Estimule os seus alunos a seguir exemplos

Nos dias de hoje, uma coisa que é bastante comum são estudantes que mostram suas rotinas intensas de estudo nas redes sociais, seja através do YouTube, Instagram, Twitter ou até mesmo TikTok. Nesse contexto, uma boa maneira de motivar os estudantes é que eles tenham contato com pessoas que – aparentemente – são motivadas, pois eles podem seguir o exemplo.

Ensine aos seus alunos que está tudo bem não render o tempo todo

Uma outra coisa que faz com que muitos alunos fiquem desmotivados é a cobrança que eles mesmos fazem de serem produtivos o tempo inteiro. E essa cobrança ficou ainda pior durante o período da quarentena, em que muitos alunos ainda não se adaptaram a essa nova realidade de aulas online. Nesse contexto, é muito importante que eles sejam lembrados de que é normal não ter o mesmo ritmo que teriam caso as aulas estivessem presenciais.

Seja acessível aos seus alunos

Na sala de aula tradicional, ao fim da explicação, ou até mesmo nos corredores, muitos alunos entram em contato com o professor para tirar eventuais dúvidas sobre a matéria. No entanto, nesse contexto de pandemia, esse momento individual entre aluno e professor foi reduzido. Sendo assim, é muito importante que você crie momentos de tirar dúvidas: não precisa ser o tempo todo, mas se disponibilizar durante 1h vez ou outra já faz total diferença.

Tente facilitar o aprendizado: contextualize o assunto

Online, as coisas acontecem muito rápido. Sendo assim, a contextualização do assunto que você está administrando é ainda mais importante do que era quando as aulas eram presenciais, pois, caso o aluno não entenda na hora, voltar pode ser um pouco mais trabalhoso. Nesse contexto, facilite a compreensão do conteúdo contextualizando o assunto com o dia a dia.

Crie pequenas metas por vez

Passar muitos trabalhos, atividades ou assuntos para a prova pode ser cansativo e desmotivante. Por isso, nesse contexto de aula online, tente diluir as atividades em pequenas metas com menor espaço de tempo; diminuir a quantidade de conteúdo que cai em cada prova, mas aumentar o número de provas, entre outras coisas. Isso facilita – e muito – a vida do aluno e a sua aprendizagem.

Estimule que os próprios alunos se ajudem

Por mais que seja muito importante que um professor dê atenção aos seus alunos, essa atenção pode não ser o suficiente para suprir as dúvidas de, por exemplo, uma turma com 40 pessoas. Nesse caso, os próprios alunos podem ajudar uns aos outros através de grupos de estudos, criação de cargo para monitores da disciplina, entre outras coisas. Assim, é possível criar um canal que vai ajudar toda a turma a crescer.

Abuse de recursos visuais

Hoje em dia, você pode usar diversos recursos visuais para montar a sua apresentação. Nesse contexto, gifs animados, músicas da moda (por exemplo, as do TikTok), imagens engraçadas e um slide bonito podem fazer total diferença na hora da sua aula (na internet, em sites como Canva, por exemplo, você encontra diversos modelos prontos para fazer com que sua aula fique bonita, engraçada e profissional). 

Rinaldo Câmara
Sócio-Diretor na LSC Administradora.
Atua há mais de 19 anos na administração de condomínios através de uma gestão estratégica e assertiva. Atua também como sindico profissional, administrando, gerenciando equipes e treinando profissionais da área.

Categorias: Escolas

LSC Guarulhos

Av. Salgado Filho, 1549
Conj 12 e 13 - Jd. Maia
Guarulhos - SP

LSC São Paulo

Rua Vergueiro, 2087 -
1° andar - Cj. 101 - Vila Mariana
São Paulo - SP
Fone: (11)2475-3150